Musica do Dia

Translate

terça-feira, 7 de abril de 2015

 Ele Ressuscitou…




Este é o dia em que os cristãos dos quatro cantos da terra celebram a ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo. É um dia especial. É dia de vitória. É dia de alegria. É dia de poder. Os céus, a terra e o mundo inteiro se rejubilam, porque Cristo ressuscitou.

É dia da chegada da verdadeira luz. É quando toda a criação celebra o poder de Cristo sobre as trevas do mal. É quando todos nós podemos nos gloriar do esplendor da ressurreição. A sua importância para nós está ligada aos seguintes fatores:

1. A ressurreição e a nossa fé

Neste dia, temos a oportunidade de reconhecer as bênçãos oriundas de Deus para nossa vida cristã. Isto porque a ressurreição é um fato que perdura por toda a eternidade. Ela dá total suporte à nossa fé. Como declara, pois, o apóstolo Paulo, “E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados” (l Co 15.17).

2. A ressurreição nos leva a pensar no próximo
Através da ressurreição, podemos chegar para quem não nos relacionamos bem e abraçar tal pessoa, da mesma forma como fazemos para com aqueles que consideramos nossos amigos. Esse é um dos frutos daqueles que crêem que Cristo ressuscitou. Ele tira as diferenças existentes entre os homens, submetendo todos ao seu poder e domínio. 

3. Ressurreição é também tempo de perdão
Nela aprendemos a perdoar àqueles que nos odeiam. Não é essa é a principal condição deixada por Jesus a nós? Ele diz: “se, porém, não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai perdoará vossas ofensas” (Mt 6.15). Perdoar traz libertação do pecado. Jesus ensina: “Àqueles a quem perdoardes os pecados são-lhes perdoados; e àqueles a quem os retiverdes são-lhes retidos” (Jo 20.23). Precisamos pedir ao Cristo ressurreto que nos liberte do rancor, do ódio, da falta de perdão. Se não, como observa R. Pritchard, “até que essas cadeias sejam quebradas por um ato decisivo de perdão, [continuaremos] sendo escravo[s] do pecado” (O Poder terapêutico do perdão. São Paulo: Mundo Cristão, 2006, p. 115). Com a ressurreição somos livres para perdoar. 

4. A ressurreição traz vida nova
Cristo, através de sua ressurreição, esmagou a morte, garantindo vida àqueles que estavam mortos em seus pecados. O poder de sua ressurreição foi tal, que “os sepulcros se abriram e muitos corpos de santos que tinham dormido foram ressuscitados” (Mt 27.52). Ressurreição é tempo de reconhecer que a presença de Cristo traz vida para todo e qualquer ser humano. Basta que creiamos nele.

5. A ressurreição confirma a presença de Jesus em nosso meio
Essa era a dificuldade estampada no rosto daqueles discípulos do caminho de Emaús. Eles conversavam sobre o que acontecera com Jesus, mas ainda não haviam percebido que Ele vencera a morte. Só depois de notarem que era Ele mesmo que aparecera junto deles, disseram: “Fica conosco; porque é tarde, e já declinou o dia”. E, para a alegria deles, Jesus aceitou aquele convite (ver Lc 24.29). Que bom saber que Jesus está conosco hoje! Esta é a promessa do Cristo ressuscitado: “e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos” (Mt 28.20b). Creiamos nele!

Nenhum comentário:

Postar um comentário